Lemnis » Antroposofia, Homeopatia e Farmácia de Manipulação

24.07.12

Argila – Uma opção natural para cosméticos e terapias

por

Histórico e Curiosidades

A argila é um produto do tempo, isto é, do envelhecimento natural dos cristais das rochas. Além de sua composição química e geológica, ela produz energia para manter suas qualidades terapêuticas. É admirável que esta fonte de força tão fundamental a Vida tenha sido por tanto tempo ignorada. Contudo, nem sempre o foi, e muito antes de nós, as antigas civilizações confiaram nela e a utilizaram intensamente.

A Geoterapia está presente nos mais antigos tratados de cura popular. Os egípcios utilizaram para purificação dos corpos, porque conheciam seus princípios purificadores, e é certo que o uso não se estendia só aos mortos. E mais recentemente, grandes naturistas, contribuíram imensamente para o renascimento do emprego da argila no contexto dos tratamentos naturais.

Existem argilas com qualidades especiais, onde os minerais se encontram de maneira adequada. Ao contrário do que se pensa a argila tem propriedades descongestionantes e absorve as toxinas, retirando-as do nosso corpo.

A argila apresenta coloração e a viscosidade ideal para cada tipo de tratamento.

Propriedades

A argila um material natural, composto por partículas extremamente pequenas de silicato minimizado (ou silicato de alumínio), além de diversos oligoelementos, destacando entre os minerais encontrados, o silício (segundo elemento mais abundante na natureza). As diferentes fontes de extração produzem silicatos minimizados de diferentes tipos e concentrações. Como, por exemplo, o Titânio, Magnésio, Cobre, Zinco, Alumínio, Cálcio, Potássio, Níquel, Manganês, Lítio, Sódio, e Ferro. Porém, as diversas constituições das argilas não modificam suas principais atuações, promovendo a ação absorvente, cicatrizante e anti-séptica.

Os minerais encontrados nas argilas funcionam como potenciadores de determinados efeitos, conforme a sua concentração. Quando estes minerais estão em doses ínfimas, são chamados de oligoelementos, mas seu efeito remineralizante se faz notar mesmo nestas quantidades.

Benefícios para a pele: Ativadores do metabolismo; absorventes; antioxidantes; calmantes; cicatrizantes; descongestionantes; purificadoras; refrescantes; revitalizantes; bactericidas; parasiticidas.

A prevalência de um determinado elemento mineral na argila determina a sua coloração final e o tipo de indicação.


Tipos

 ARGILA VERDE: Fonte de maior diversidade dos oligoelementos. Indicada para peles normais e oleosas, pois regula a produção sebácea, excelente no tratamento facial e corporal. Tem ações antioxidante, tonificante, adstringente e estimulante.

ARGILA BRANCA: Com maior quantidade de Silicato de Alumínio (na pele é um componente dos aminoácidos na proteína da pele). Possui pH muito próximo da pele. Atua como revitalizante natural com sua ação clareadora, suavizante e cicatrizante.

ARGILA BRANCA DA AMAZÔNIA: Rica em nutrientes e sais minerais. É um ingrediente com alto poder de hidratação e antioxidantes, ajudam as toxinas da superfície da pele e ativam a regeneração celular. Combate os radicais livres e canalizam energia positiva. Argila com propriedades capazes de fortalecer o tônus da pele, reduzir as rugas e eliminar gorduras localizadas e celulite. Indicada para máscaras faciais e capilares, cremes, loções e sabonetes corporais, para produtos cosméticos destinados a regeneração e limpeza da pele e esfoliante corporal.

ARGILA ROXA: Rica em magnésio. Ferramenta principal para absorver toxinas, impurezas e gordura excessiva da pele. Indicada para regiões tensas da face e do corpo onde acumulam toxinas.

ARGILA AMARELA: Rica em Dióxido de Silício e Silício que é o elemento catalisador para formação da base de colágeno da pele, por isso é indicado para o rejuvenescimento e tratamentos cosméticos.

Melhora a circulação sanguínea, reduz as inflamações e atua na flacidez cutânea. Indicada para peles maduras e cansadas.

ARGILA VERMELHA: Argila secundaria porosa, rica em óxido de ferro (importante na respiração celular e na transferência de elétrons) e cobre. Grande capacidade de absorver temperaturas, redutora de pesos e medidas. Indicada para uso corporal.

ARGILA PRETA ou LAMA VULCÂNICA: Considerada como a mais nobre de todas, possui grande quantidade de matéria orgânica, enxofre e titânio. Indica um material com excelente agente rejuvenescedor. Melhora a circulação sanguínea periférica favorecendo a renovação celular.

Indicações

Dadas as suas virtudes terapêuticas, a argila passou a ser incluída em várias marcas cosméticas conceituadas. Usadas como ingrediente inorgânico cosmético, as argilas quando inseridas em cosméticos são mais trituradas e sujeitas a processos de purificação para remoção de eventuais impurezas que possui.

A atividade da argila começa quando esta é umedecida. Pode ser usada quente ou fria consoante o efeito final desejado: atividade regeneradora ou calmante.

São excelentes ingredientes para máscaras faciais ou corporais em concentrações que podem atingir os 40%. Constituem uma boa solução para todos os tipos de peles, mesmo as mais sensíveis, ou com problemas como as peles acneicas. Podem também ser usadas com sucesso em peles envelhecidas ou foto envelhecida.

Quando adicionada como ingrediente cosmético, numa máscara de rosto, a argila funciona simultaneamente como esfoliante e máscara. As máscaras de argila servem para limpar, nutrir, e revitalizar a pele, através da eliminação de toxinas, estimulação da micro circulação e pelas suas características queratolíticas. Também podem acalmar e hidratar, tudo depende do tipo de argila e dos ingredientes que lhe são adicionados.

Podem entrar em formulações de cremes, xampus e loções.

Concentrações

Até 40% dependendo da formulação.

Armazenamento

Acondicionar em recipiente hermético, ao abrigo do calor e da luz solar direta.

Orçamento

 

Referências bibliográficas

1. Souza Santos, P.; Ciência e Tecnologia de Argilas, 2ª ed., Edgar Blücher: São Paulo, 1992, vol. 1.

2. Baltar, C. A. M.; da Luz, A. B., eds.; Insumos Minerais para Perfuração de Poços de Petróleo, Centro de Tecnologia Mineral: Recife, 2003.

3. Informe técnico do fabricante.

 

 

ATENÇÃO: ESTE TEXTO TEM CARÁTER INFORMATIVO. NÃO USE PLANTAS MEDICINAIS OU MEDICAMENTOS SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO.

“SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.”


LEMNIS FARMÁCIA • Av. Carandaí, 58 - Santa Efigênia • (31) 3245-0560. » Fazer login
Belo Horizonte, MG - Brasil. Farmacêutica Responsável: Eliane Maria Silva Azevedo CRF 9258
DoDesign-s Design & Marketing