Lemnis » Antroposofia, Homeopatia e Farmácia de Manipulação

31.08.11

DMAE – EFEITO TENSOR (LIFTING), REJUVENECEDOR E ANTI AGING

por

Introdução

A pele é um órgão de grande extensão e importância no organismo humano. É responsável por diversas funções, como: proteção física, exercendo função barreira entre o meio externo e interno; regulação térmica; percepção sensorial através da ocorrência de uma vasta rede de estruturas muito especializadas que permitem a sensação de calor, frio, dor e pressão. A pele participa também de diversas funções biológicas como a resposta inflamatória e imune, pigmentação, crescimento piloso, cicatrização e síntese da vitamina D (LANGRAND et al., 2006; HEGEDUS et al., 2006 apud DECCACHE, 2006).

Vários são os princípios ativos utilizados para prevenir ou tratar o envelhecimento cutâneo. Dentre estes se destaca o Dimetilaminoetanol (DMAE) que têm composto de forma significativa os produtos dermocosméticos com este objetivo, seja na forma simples ou em associação aos filtros solares e outros ativos.

O DMAE é um nutriente encontrado em peixes como anchova, sardinha e salmão. Estudos científicos vêm comprovando sua eficácia em combater a flacidez, diminuir as rugas finas, promover o efeito tensor (lifting) da pele da face, bem como amenizar as rugas e linhas de expressão ao redor dos olhos e sulcos nasogenianos, além de melhorar a aparência da pele.

O dimetilaminoetanol (DMAE) é comercializado em vários países como suplemento da dieta, amplificador da cognição e também como matéria-prima de produtos cosméticos. Nos EUA foi aprovado pelo Food and Drug Adminstratio (FDA) para seu uso no tratamento da síndrome da fadiga crônica. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou o uso cosmético em 2002, visando a uma ação antiaging (anti envelhecimento), após a observação do efeito colateral decorrente da administração oral do medicamento Deanol®: contração involuntária da musculatura do rosto e do pescoço.

Propriedades

O 2-Dimetil Aminoetanol (DMAE) está citado nos estudos científicos para uso tópico em sua forma base (líquida).

Sua incorporação em formulações magistrais tópicas é simples, podendo ser realizada em ampla faixa de pH (recomenda-se pH entre 6,5 e 7,0) para o produto final, em uma série de veículos diferentes como creme, gel, gel-creme, seruns.

Seu potencial rejuvenecedor foi descoberto nos Estados Unidos, onde somente era utilizado no tratamento da síndrome de fadiga crônica, depressão leve, distúrbio de comportamento associado à hiperatividade e a problemas de aprendizado, com diminuição da compreensão e/ou da concentração. Como efeito colateral, foi percebido que causava hipertonicidade do músculo cervical, origem das reclamações constantes do pacientes que sentiam repuxamento e rigidez no pescoço e pele do rosto e pálpebras e papada, e desde então tem sido pesquisado e comprovado estes efeitos.

Mecanismo de ação

O DMAE é um análogo sintético da colina, atua estimulando a liberação da acetilcolina, que por sua vez, estimula os músculos da face ocasionando um efeito tensor na pele que pode amenizar linhas de expressão, diminuir rugas e devolver o tônus muscular melhorando sua aparência. A ação do envelhecimento traz a pele rugas e sinais, ao mesmo tempo em que, aparenta estar “cedendo”, resultante não apenas dos danos dos radicais livres ao colágeno, mas também nos nervos e os músculos debaixo da pele.

O tônus e a contração do músculo são causados pela liberação dos neurotransmissores, especificamente acetilcolina, na junção neuromuscular que, por sua vez, estimula os músculos ocasionando um efeito tensor.

Já o envelhecimento está relacionado a diversas alterações morfológicas, fisiológicas e bioquímicas inevitáveis que ocorrem progressivamente no organismo ao longo da vida. Entre estas alterações está a redução da tonicidade dos músculos faciais, diminuição da síntese das fibras de colágeno e elastina, redução da circulação periférica e agressão por radicais livres.

Sendo assim para combater o envelhecimento da pele os princípios ativos dermocosméticos devem procurar:

Devolver o viço da pele;

Amenizar as linhas finas de expressão;

Melhorar a textura e uniformidade da cor;

Prevenir a flacidez estimulando a produção de colágeno e elastina;

Promoverem o efeito tensor (lifting);

Promover a ação antioxidante;

Promover o efeito fotoprotetor;

Melhorar a hidratação;

Promover a renovação celular;

Estimular a contração muscular;

Indicações

Efeito tensor (lifting) em área ao redor dos olhos, pálpebras, papadas, pele do rosto e pescoço;

Efeito anti aging (envelhecimento) por diminuir rugas e sinais do envelhecimento;

Efeito anti rugas;

Concentração sugerida

Usualmente prescrito de 3 a 10 %, para uso 1 a 2 vezes/dia, podendo ser associado.

Precauções

O uso concomitante de outro agente terapêutico, que também tem sido utilizado com fins cosméticos, o Botox®, proveniente da toxina botulínica, cuja ação de clivar proteínas presentes no terminal nervoso e impedir a liberação de acetilcolina é contrária ao DMAE, que, conforme os resultados demonstrados, aumenta a liberação desse neurotransmissor.

O uso racional do DMAE deve ser avaliado pelo prescritor, uma vez que esse tipo de informação é geralmente inacessível à população, que busca tão somente uma melhor apresentação estética.

Formulações

DMAE …………………….3 %

Acido lipóico …………..1 %

Vitamina E oleosa  0,5% (alfa tocoferol)

Gel creme              qsp

DMAE …………………….5 %

PCA-NA …………………2 %

Vitamina C ……………..2 %

Base protetor solar  qsp

Fontes

Deccache, Daniela Soares. Formulação dermocosmética contendo DMAE glicolato e filtros solares: desenvolvimento de metodologia analítica, estudo de estabilidade e ensaio de biometria cutânea. Rio de Janeiro: UFRJ/Faculdade de Farmácia, 2006.

Informativo DEG

Informativo Embrafarma

Lima, Delézia; Benini, Gislaine Aparecida; Adriano, Jerusa; Silva, Daniela da Utllização do Dimetilaminoetanol (DMAE) no envelhecimento cutâneo. UNIVALI.

Rocha Júnior, Dimas dos Santos; Leite, Gilson Bernardo; Patini, Josiane Brandoluzi; Simioni, Lea Rodrigues; Franco, Yoko Oshima. Efeitos do Dimetilaminoetanol (DMAE) em preparação neuromuscular. Saúde em Revista, Piracicaba, 9 (22): 59-68, 2007.

ATENÇÃO: ESTE TEXTO TEM CARÁTER INFORMATIVO. NÃO USE PLANTAS MEDICINAIS OU MEDICAMENTOS SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO.

“SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.”

LEMNIS FARMÁCIA • Av. Carandaí, 58 - Santa Efigênia • (31) 3245-0560. » Fazer login
Belo Horizonte, MG - Brasil. Farmacêutica Responsável: Eliane Maria Silva Azevedo CRF 9258
DoDesign-s Design & Marketing